10/06/2008

Este mês na Maxmen

O que é ser benfiquista?

Há mitos que percorrem a história e a sociedade portuguesa que precisam de ser quebrados, mesmo que isso implique o desconforto de muita gente, nomeadamente o meu. A pedido do Director esta é a primeira de três rúbricas dedicadas ao “O que é ser benfiquista, sportinguista e portista”. Esta é uma diferente de quebrar mitos e de eu receber cartas com ameaças sem ser da minha família. Sendo assim, o mês de Outubro é dedicado ao “o que é ser benfiquista”. Porquê? Porque é uma forma de o Benfica ser primeiro em alguma coisa.

Já dizia Luís Piçarra que “ser benfiquista é ter na alma a chama imensa” e a verdade é que o cantor já sabia muito bem a que se referia. Toda a gente sabe que uma chama provoca ardor. Ora, ardor na alma ou na cabeça é sinal de enxaqueca, logo ser benfiquista é ter uma dor de cabeça constante. O que, nos tempos que correm, não deixa quaisquer dúvidas. Há até quem defenda que o Benfica deve passar a ser patrocinado pela Aspirina e em vez de dar descontos em bombas de gasolina, ter ofertas exclusivas nas farmácias.

Mas esta é uma condição natural do benfiquista, faz parte, não é defeito… é feitio. Quem é benfiquista não liga a estes pequenos pormenores e fala com orgulho de todos os momentos do seu clube. Para o benfiquista, a sua equipa tem de ganhar sempre! Seja contra o Barcelona ou contra o Arrentela… e o mais certo é perder com os dois.

A verdade é que, em Portugal, só existem dois clubes de renome. O Benfica… e o Anti-Benfica. Este último é constituido por adeptos que, no seu íntimo, desejam ser do Benfica, mas que não conseguem assumir-se perante os outros. Por isso fingem torcer por clubes menores e chicoteiam-se em casa quando festejam golos do Benfica ou admiram as qualidades do Cardozo.

São estas mesmas pessoas que gozam muitas vezes com o adepto benfiquista desdentado que aparece na televisão. O que não sabem é que alguns benfiquistas expressam o amor pelo seu clube deste modo, tendo um dente podre por cada campeonato conquistado. É por isso que os sportinguistas andam de sorriso imaculado. (continua amanhã ou depois... ou um dia destes)

4 comentários:

Ursula disse...

¡AGUANTE EL BENFICA!!
CARDOZO DI MARIA AIMAR UEUEUEUEUEUEUEUEUEUEUEUEEEEEEEEEEEEE

VAMOS BENFICA VAMOS CAMPEÓN!!!

bexiga disse...

Total razão nas palavras por ti transcritas,
"... A verdade é que, em Portugal, só existem dois clubes de renome. O Benfica… e o Anti-Benfica. Este último é constituido por adeptos que, no seu íntimo, desejam ser do Benfica, mas que não conseguem assumir-se perante os outros. Por isso fingem torcer por clubes menores e chicoteiam-se em casa quando festejam golos do Benfica ou admiram as qualidades do Cardozo. ..."
Qualquer benfiquista que se preze (e ate mesmo aqueles que não se manifestam mt) sabe que o Benfica é o maior clube de Portugal e um dos maiores do Mundo, so é pena que toda a gente não admita isso publicamente, mas como tu dizes e bem, sao os Anti-Benfica .. mt bem pensado Raminhos =)
Abraço ;)

Casemiro dos Plásticos disse...

aah ganda leixões!

António Raminhos disse...

És a maior Ursula! Ou, em comparações astronómicas, és a Ursula maior.