7/29/2008

Os encantos da outra silicone (continuação)

Se pensa que quem usa este tipo de bonecas já tem uma dose avultada de taradice fique sabendo que, para além de bonecas, existem... animais. Mais concretamente a carinhosa ovelha Stella, a vaca Daisy, a Porquinha do Amor e o burro- pelos vistos os criadores acharam que “burro” já era um nome suficientemente excitante. Há um extra: se levar umas “pancadinhas”, o burro urra. Esta variante “animalesca” leva a crer que já nem os próprios pastores suportam a versão real dos seus parceiros e fica claro que é tão dispendioso manter uma mulher como um rebanho de ovelhas.

Mas há o outro lado. Bonecas feitas de silicone que se parecem mesmo com mulheres, logo a começar pela despesa, já que podem ser adquiridas pela módica quantia de cinco mil euros. Mas, no fundo, o investimento permite-nos escolher a companheira de sonho. Sem dores de cabeça, sem tagarelices, sem amigas que dizem que o namorado dela está sempre a olhar para os decotes de outras e que até já lhe confidenciou que gostaria de fazer uma coisa a três... ou a sete! Podemos escolher o tamanho do rabo, dos seios, rapada ou estilo brasileiro, cor da pele... ah e também dá para escolher a cara. Há um pormenor interessante. A cara da boneca pode incluir o sorriso, mas o vendedor deixa o aviso bem expresso: ”A expressão ‘sorrir’ não tem abertura oral”. E essa é uma questão pertinente. O que mais interessa numa mulher: um bonito sorriso ou um bom broche?

Os detalhes chegam ao ponto de o consumidor poder escolher a cor das unhas, do batom, do eyeliner, sombra, estilo e cor do cabelo. No entanto, se estiver a perder muito tempo com estes pontos é porque, provavelmente, prefere um boneco em vez de uma boneca.
Se não tiver os tais cinco mil euros para gastar sem que a sua mulher repare nisso pode sempre... alugar uma destas bonecas! Sempre desconfiei que a Barbie fosse uma prostituta, mas nunca pensei que chegasse a esta dimensão. Isto há gostos para tudo.

2 comentários:

Paula disse...

Mas isso é discmininação e uma tremenda falta de respeito, para com os outros animais!
Fiquei indignada! Quer dizer, o burro urra se levar pancadinhas. Os outros, como já têm um nome todo pipi, se levarem pancada têm de aguentar e não podem abrir o bico, pá! Ou o focinho, pá!Discriminação, é o que te digo!
É como dizes: há gostos para tudo.
:)
Bjs!

Pintinho disse...

Ele há coisas do camandro!...
Achei no entanto pertinente a questão do sorriso.

Agora os preços é que não me parecem nada apelativos. É que por 5.000€ sustentas uma a sério durante um tempo razoável...

Abraço