10/02/2009

Continuação da coisa da ginecologia

São vários os problemas diários de um médico desta especialidade. Um ginecologista deve ter, por exemplo, uma memória visual terrível, no sentido que deve ser o único indivíduo no mundo que não reconhece os outros pela cara.

Depois há todas as dificuldades inerentes à comunicação. Como é que toda esta gente fala do trabalho? Porque qualquer casal que se preze gosta de chegar a casa e perguntar ao seu parceiro como correu o trabalho. Não estou a ver o ginecologista chegar a casa e a mulher perguntar:

- “Então? Como é que correu o teu dia?”

-“Ah, correu bem! Olha, hoje esteve lá da dona Almerinda, está com boa cara, tinha era os lábios inchados. “

Não há necessidade. Por isso, convém pensar duas vezes antes de sonhar sequer em ser ginecologista, porque ser médico, eventualmente, permitir-lhe-á ter acesso a muitas vaginas. Ser ginecologista é ter vaginas a mais.

2 comentários:

de Marte disse...

(Ah, tu continuaste. Eu é que não tinha visto!)

Usuale disse...

Oi! Tem um site muito bacana que possui mais de 50.000 acessos ao dia e fazem parceria com blogs/sites, vale a pena! Eu já fiz o meu!Só lembrando que como se trata de uma parceria você tem que colocar o selo deles também no seu blog/site também que você pode pegá lo no mesmo link abaixo!Senão você não receberá acessos!

Aí vai o link: http://www.guiademulher.com.br/enviar_blog.php