3/24/2009

De Guarda a Bragança

Já cantam os Xutos, "de Bragança a Lisboa são 9 horas de distância". Pois bem, podem os Xutos guardar a seguinte letra: "de Guarda a Bragança são duas horas de distância... por uma puta de uma estrada abandonada onde se pode morrer esfaqueado e ser encontrado uma semana depois."

Não rima, mas é a verdade. Depois de ter estado a actuar na Guarda, eu e o Pedro Ribeiro fomos ainda mais para o interior norte numa viagem que parecia não ter fim e as terras têm nomes como:

Cógula
Cótimos
Rabaçal
Coriscada
Gateira
Relva
Longroiva
Cornalheiras (Cornalheiras?! Como se chamam os habitantes de Cornalheiras?)
Muxagata ( e de Muxagata?)
Pedreiras do Poio ( estes serão as poias? Os poienses?)
Burga
Rossas Pinela (cidade que deve ter sido directamente importada da América do Sul)


... entre tantas outras. Ah e raposa... Não é nome de terra, vimos mesmo uma raposa.

2 comentários:

Betsie Zombie (Vanessa) disse...

com nomes desses só podia ser em PT x) huahah

Lúcia Ribeiro Sousa disse...

oi? hein? o Rabaçal é na Madeira. Estou irada!