12/21/2007

Um post para discutir com as meninas

Eu gosto de pornografia. Pronto, já o disse. E se o revelar directamente a alguma rapariga, o primeiro comentário que sai daquela boca é: "Ai que porco!". Permitam-me discordar. A pornografia foi uma escola. É graças a esse fascinante mundo que aprendi tudo aquilo que sei hoje. Curiosamente quando esses conhecimentos são aplicados, a menina em questão substitui o "ai que porco" por um "dá-me mais", quanto muito por um"dá-me mais seu porco". Posições e trejeitos que pensava serem apenas para efeitos visuais ou uma quimera são, na verdade, bem possíveis e que permitem soltar um: "Olha e não é que isto é bom! Vê lá se a tua mãe nos ouve." (esta segunda parte só se aplica em alguns casos).
É graças à pornografia que aprendi tudo aquilo que sei hoje e não só em termos sexuais. Os filmes pornográficos têm autênticas lições de vida. Como por exemplo, estar no hospital é mau, mas temos de ter a esperança que nos apareça uma enfermeira boazuda que venha tirar a temperatura de uma forma muito especial. Ou que se não tiver sucesso na escola posso sempre ir para canalizador porque, provavelmente, irei conhecer alguma dona de casa rica que vai estar sozinha e carente. Os filmes pornográficos dão-nos esta esperança e permitem-nos sonhar com um futuro risonho. Vejo filmes pornográficos desde os meus seis anos. Sim, eu sei, tenra idade e provocou alguns desequilibrios- era tão novo que a primeira vez que vi uma orgia, aquele amontoado de pessoas só me parecia uma aranha com várias pernas. Passou. Hoje continuo a ver filmes pornográficos, tiro apontamentos sempre que necessário e a minha senhora já não se queixa. E quando alguém pergunta o que estou a fazer, ela já tem a resposta: "Está a estudar."

6 comentários:

Gui disse...

Eu às vezes também passo horas e horas no pc a estudar... intensivamente... sem "mãos a medir". (trocadilho mais forçado de sempre... pena, tava a ir bem...)

Em relação a isso de estudar, onde se tira um bacharelato, disso? Não quero ficar só com um curso...

hug,
gui
(ramboiablog.blogspot.com)

Statler disse...

Xiiii... precisas de ajudas extra curriculares para desempenhar o teu papel de macho!
Pior que isso, fazes questão que todos o saibam.

Tssss... tssss... tssss...

(sem filmes que seria de ti?)

Gaja Boa 2 disse...

Eu não vejo nada de mal na pornografia! Também vejo de vez em quando e dou-te razão quando disez que se aprendem umas coisas! Por isso acho que sim! Que se pode dizer que estamos a estudar heheheh

Bom natal

Ursula disse...

pois acho que tens toda a razão!! e quem diga que nunca viu pornografia é um mentiroso/mentirosa :D

desde os 6 anos? mesmo macho hehehehe

bjs

Gaja Boa 1 disse...

Mas quem chama porco a quem vê pornografia??

Só se for uma coisa doentia, de resto eu acho esses filmes bastante educativos... Se houvesse mais malta a "estudar" esse tipo de filmes, não víamos tanta gente mal-fodida!!!

Continua gajo que tás no bom caminho!!! E quem te chamar porco, é um valente mentecapto!!! Gente com vistas obtusas...

beijos educativos

MEIA-DOSE PA4 disse...

ja tens ai o "aventuras anais 45" que te pedi?

lol

abraços